Voltar ao Topo
Saúde Pública

Assistir à TV Pode Aumentar o Risco de Morte Prematura

Quando você chega em casa depois de um dia árduo de trabalho, às vezes não tem nada melhor do que relaxar no sofá enquanto assiste à televisão. Mas é melhor não assistir à TV por muito tempo; assistir 3 horas ou mais à TV por dia pode dobrar o risco de morte prematura, de acordo com um novo estudo.

A equipe de pesquisadores, liderada pelo Dr. Miguel Martinez-Gonzalez do Departamento de Saúde Pública da Universidade de Navarra na Espanha, publicou suas descobertas recentemente no Journal of the American Heart Association.

televisão

Pesquisadores espanhóis afirmam que assistir à TV por três horas ou mais por dia pode até dobrar o risco de morte prematura. Foto: Mario Jimenez/Free Images.



Pesquisas anteriores já haviam detectado uma relação entre sedentarismo e aumento no risco de problemas de saúde. Neste último estudo, os pesquisadores queriam determinar como três tipos de comportamento sedentário – assistir à televisão, usar o computador e dirigir – influenciam independentemente o risco de morte de qualquer causa.

Adultos deveriam assistir à, no máximo, 1-2 horas de TV por dia

Para chegar à esta conclusão, a equipe analisou o comportamento sedentário de 13.284 espanhóis saudáveis que tinham curso superior e idade média de 37 anos. Os participantes foram monitorados, em média, por 8 anos e 3 meses. Durante o acompanhamento, ocorreram 97 mortes, das quais 19 foram de causas cardiovasculares, 46 foram de câncer e 32 foram de outras causas.

Os resultados do estudo revelaram que os participantes que disseram assistir a 3 ou mais horas de televisão por dia tinham o dobro de risco de morte prematura, em comparação com os participantes que disseram assistir à 1 hora ou menos de televisão por dia. Esta descoberta prevaleceu mesmo após se levar em conta outros fatores que podem ter influenciado o risco de morte prematura.

Os pesquisadores afirmaram que não foi observada nenhuma relação significativa entre o tempo gasto ao volante e no uso de computador e aumento do risco de morte prematura de qualquer causa, embora tenham ressaltado que são necessários estudos adicionais para melhor determinar esta descoberta.

O Dr. Martinez-Gonzalez alerta:

À medida que a população envelhece, o sedentarismo se tornará mais prevalente, principalmente assistir à televisão, e isso configura-se um peso adicional no aumento de problemas de saúde relacionados ao envelhecimento. Nossas descobertas sugerem que os adultos deveriam engajar-se mais em atividades físicas, evitar longos períodos de sedentarismo e reduzir o tempo dedicado à televisão à, no máximo, 1-2 horas por dia.”

Mas não são apenas os adultos que são afetados por assistir muito à TV. Estudos anteriores revelaram que crianças que passam mais de 2 horas por dia na frente da TV, computador ou videogame têm o risco aumentado de ter pressão alta. Outro estudo descobriu que crianças que têm TV no quarto estão mais propensas a se tornarem obesas.

Fonte: Medical News Today

Compartilhe