Pular
MedClick: Informação Para Viver Bem.

A Verdade Sobre a Maconha

TAMANHO DA LETRA
A
A
A

Os Efeitos da Maconha

A maconha causa efeitos físicos e psíquicos

Ilustração: MedClick / NIDA
O princípio ativo da maconha, o THC, causa efeitos em diversas regiões do cérebro.

Como qualquer outra droga, os efeitos vão depender da quantidade usada, da combinação com o uso de outras drogas e com outros fatores relacionados ao ambiente, ao estado emocional do usuário e às suas expectativas. Algumas pessoas, ao usarem maconha, sentem-se relaxadas, falam bastante, riem à toa. Outras sentem-se ansiosas, amedrontadas e confusas. A mesma pessoa pode, de um uso para outro, experimentar efeitos diferentes.

Em doses pequenas, a maconha distorce os sentidos e a percepção. As pessoas podem relatar que as músicas ficam mais bonitas, as cores mais vivas, o cheiro, o gosto e o tato mais aguçados. A percepção de tempo e distância também fica alterada e a consciência corporal aumentada. Todas essas sensações podem ser prazerosas para algumas pessoas e desagradáveis para outras.

Em altas doses, a possibilidade de experimentar sensações desagradáveis aumenta, podendo gerar confusão mental, paranoia (sensação de estar sendo perseguido), pânico e agitação. Podem também ocorrer alucinações e delírios.

Mas o problema não acaba aqui. O ingrediente ativo na cannabis, THC, permanece depositado no corpo por semanas ou mais. Já se sabe que o uso continuado interfere na capacidade de aprendizagem e memorização e pode induzir a um estado de amotivação, isto é, não sentir vontade de fazer mais nada, pois tudo fica sem graça e sem importância. Esse efeito crônico da maconha é chamado de síndrome amotivacional. Além disso, a maconha pode levar algumas pessoas a um estado de dependência, isto é, elas passam a organizar sua vida de maneira a facilitar o uso da droga, e tudo o mais perde seu real valor.

Outro fator muito importante sobre os efeitos psíquicos produzidos pela maconha: existem provas científicas de que se o indivíduo tem uma doença psíquica qualquer, mas que ainda não está evidente (a pessoa consegue "se controlar") ou a doença já apareceu, mas está controlada com medicamentos adequados, a maconha piora o quadro. Ou faz surgir a doença, isto é, a pessoa não consegue mais "se controlar", ou neutraliza o efeito do medicamento e ela passa a apresentar novamente os sintomas da enfermidade.

Com relação aos efeitos físicos, a curto prazo são eles: falta de coordenação motora, sonolência, os olhos ficam meio avermelhados (hiperemia), a boca fica seca (xerostomia) e o coração dispara, de 60 a 80 batimentos por minuto pode chegar a 120 a 140 ou até mesmo mais (taquicardia).

Ferramentas & Slides no MedClick

Como Parar de Fumar
Confira as dicas dos especialistas.
Alimentos Bons Para o Cérebro
Melhore sua concentração.
Picadas de Insetos
Identifique-os pelas suas picadas.
Aids / HIV
Mitos e Verdades Sobre HIV/Aids.
Calorias
Quantas calorias seu corpo precisa.
Suor
O que te faz suar além do normal?
Altura da Criança
Veja o quanto seu filho pode crescer.
Sinais do Mal de Alzheimer
10 sinais de alerta da doença.
Raças de Cachorro
Conheça cada raça em detalhes.
Anticoncepcionais
Qual é a melhor opção para você?
Álcool no Sangue
Fatores que influenciam.
Como Diminuir o Colesterol
15 dicas para reduzir o LDL.