Voltar ao Topo
Beleza

Fumar Causa Rugas?

À medida que a expectativa de vida aumenta no mundo, dermatologistas vêm investigando as melhores maneiras de se manter a elasticidade e o tônus da pele depois de uma certa idade. Há duas décadas, trabalhos científicos vêm pesquisando o impacto, causado pelo hábito de fumar, na pele, principalmente do rosto. Os resultados deixam pouca margem para dúvida: fumantes apresentam bem mais precocemente rugas no rosto e aparência da pele envelhecida, quando comparados com pessoas da mesma idade que não fumam.

rugas

Fotomontagem de irmãs gêmeas com 65 anos de idade; a fumante, à direita. Foto: Dr. Bahman Guyuron.

Muitos pesquisadores vêm tentando entender os motivos desse resultado indesejado, principalmente para aqueles que acham que fumar é um ato socialmente atraente e de certo modo “sexy”. Pesquisadores japoneses acham que o cigarro provoca uma quebra na harmonia da matriz do tecido conjuntivo (localizado sob a pele), o que seria a base molecular para o envelhecimento precoce. Alguns europeus acreditam que a associação ruga-tabaco é especialmente forte nos fumantes que estão constantemente expostos ao sol. Alguns estudiosos consideram que o impacto é maior na pele de mulheres. Qualquer que seja o mecanismo, portanto, parece haver um razoável consenso de que pele jovem, ou pelo menos conservada, não combina com uso de cigarros.

Pesquisas feitas com pessoas gêmeas têm revelado resultados inquestionáveis. O efeito do fumo sobre a pele é ainda mais potencializado com a exposição ao sol, como mostra a fotomontagem acima de duas irmãs gêmeas de 65 anos de idade. A da direita viveu anos fumando e tomando banhos de sol, enquanto sua irmã, não.

Assim, talvez valha a pena repensar um tipo de mecanismo muito frequente quando se discute sobre cigarros: receio de parar de fumar por medo de engordar, o que, muitas vezes, de fato acontece. Infelizmente, como muitas outras coisas na vida, os prós e contras de cada situação tornam qualquer decisão complexa.

Mas se o critério a ser adotado for a aparência atraente e jovial, pode ser que valha a pena preferir uma pele saudável a uma silhueta esguia, uma vez que é bem mais fácil perder peso do que rugas.

Uma dica para evitar o ganho de peso após parar de fumar é praticar atividades físicas. A atividade física pode ajudar a diminuir o desejo por nicotina e aliviar alguns sintomas da síndrome de abstinência. Por mais leve que seja o exercício, você só terá benefícios.

Fonte: Drogas: cartilha sobre tabaco / Série Por dentro do assunto. 2º ed. Brasília: Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas, 2010.

Compartilhe