Voltar ao Topo
Doenças

Apendicite

Apendicite é a inflamação do apêndice vermiforme, um tubo estreito de aproximadamente 8 cm de tamanho anexo ao lado direito do intestino grosso. Não se sabe qual é a função do apêndice. Geralmente, ele fica inflamado por causa de alguma infecção ou obstrução no trato gastrointestinal. Se não for tratado, o apêndice inflamado pode se romper e disseminar a infecção pela cavidade abdominal e para a circulação sanguínea.

Nos Estados Unidos, por exemplo, 1 em cada 500 pessoas tem apendicite a cada ano. O risco de ter apendicite é maior na faixa etária dos 15 aos 30 anos de idade. A apendicite é a principal causa de cirurgia abdominal em crianças, sendo que 4 em cada 1.000 crianças precisam remover o apêndice antes dos 14 anos de idade.

apendicite

Ilustração mostrando um apêndice inflamado e sua localização no intestino grosso. Imagem: Wikimedia.


Sintomas de Apendicite

São sintomas de apendicite:

  • Dor abdominal, que geralmente começa acima do umbigo e vai descendo para o lado inferior direito do abdômen;
  • Náusea e vômito;
  • Inchaço abdominal;
  • Dor quando o lado direito do abdômen é palpado;
  • Febre baixa;
  • Incapacidade de soltar gases;
  • Mudança no comportamento intestinal regular.

Se você tiver os sintomas da apendicite, não faça uso de enemas ou laxantes para aliviar a prisão de ventre: esses remédios aumentam o risco de rompimento do apêndice. Além disso, evite tomar analgésicos antes de ir ao médico, pois esses remédios podem mascarar os sintomas da apendicite e dificultar o diagnóstico.

Diagnóstico & Exames

O médico vai fazer perguntas sobre o seu histórico de saúde, especialmente sobre alguma doença do trato gastrointestinal. Ele vai perguntar sobre os sintomas que você está sentindo, e inclusive sobre suas evacuações intestinais mais recentes: tempo, frequência, consistência das fezes e se houve sangue ou secreções presentes.

O médico vai te examinar para saber se você sente dor na parte inferior direita do abdômen. Em relação às crianças, o médico ficará atento para ver se elas colocam a mão em cima do umbigo quando ele pergunta onde está doendo. Em relação a bebês, uma pista importante para o diagnóstico será observar se eles estão com os joelhos flexionados em direção ao peito e se o abdômen está dolorido.

Após o exame físico, o médico pedirá exames de sangue para conferir sinais de infecção, e de urina para descartar um problema no trato urinário. O médico poderá pedir um exame de ultrassom ou de tomografia computadorizada (TC) para confirmar o diagnóstico. No caso de crianças muito novas, uma radiografia de tórax pode ser necessária para descartar a hipótese de pneumonia.

Duração da Apendicite

Por causa da dor, a maioria das pessoas busca atendimento médico dentro de 12 a 48 horas. Em alguns casos, nota-se uma pequena inflamação várias semanas antes de ser feito o diagnóstico.

Como Evitar Apendicite?

Não há como evitar a apendicite.

Tratamento da Apendicite

O tratamento padrão é retirar o apêndice. A cirurgia, chamada apendicectomia, deve ser feita o mais cedo possível para evitar o rompimento do apêndice. Geralmente, quando há fortes suspeitas de apendicite, o cirurgião recomenda a remoção do apêndice mesmo que os exames de ultrassom e TC não confirmem o diagnóstico. Essa recomendação reflete o perigo de um apêndice rompido, que pode levar à morte, haja visto que a apendicectomia é uma cirurgia de baixo risco.

Durante a cirurgia, são injetados antibióticos na veia do paciente. O mesmo é feito no dia seguinte. Se o apêndice se romper, o paciente precisará tomar antibióticos por uma semana ou mais. Para que o trato gastrointestinal fique em repouso após a cirurgia, o paciente não pode comer ou beber nada nas primeiras 24 horas após a apendicectomia. Após esse período, ele pode, gradualmente, tomar pequenas quantidades de água, depois líquidos claros e, por fim, um pouco de comida sólida até que possa voltar a ter uma alimentação normal.

Quando Procurar Atendimento Médico

Para evitar o rompimento do apêndice, procure atendimento médico imediatamente se você ou alguém da sua família tiver os sintomas de apendicite. A apendicite é uma emergência e requer atenção imediata.

Apendicite Tem Cura?

Em geral, as pessoas que passam pela cirurgia ficam no hospital de três a quatro dias (caso não haja rompimento do apêndice), e normalmente, se recuperam completamente.

Em casos de rompimento do apêndice, a permanência no hospital é mais longa. Embora seja raro, a pessoa pode morrer de apendicite se o apêndice rompido espalhar a infecção pelo abdômen e na circulação sanguínea.

Glossário da Apendicite

Apendicectomia: Cirurgia para remoção do apêndice.

Tomografia Computadorizada: Estudo radiográfico com ajuda de computador para detectar anomalias estruturais.

Trato Gastrointestinal: Série de órgãos tubulares por onde passam o bolo alimentar até a eliminação das fezes. O comprimento desse canal é de aproximadamente 8,5 m no adulto.

Fontes: Manual Merck e Harvard Health Decision Guides

Compartilhe