Voltar ao Topo
Doenças

Conjuntivite

A conjuntivite, inflamação da fina membrana transparente que reveste o olho e o interior das pálpebras, é um dos problemas mais comuns em crianças e adultos.

As causas da conjuntivite podem ser: vírus, bactérias, irritantes (fumaça, cloro da piscina) e alérgenos (pelos de animais, ácaros). A conjuntivite causada por vírus ou bactérias é transmitida facilmente de pessoa para pessoa, porém costuma ser leve e geralmente desaparece sozinha, mesmo sem tratamento. Na conjuntivite alérgica, geralmente os dois olhos são afetados, a coceira é mais intensa e pode haver inchaço dos olhos. Bebês também podem ter a chamada conjuntivite neonatal se, ao nascerem de parto normal, a mãe estiver com alguma doença sexualmente transmissível como gonorreia ou clamídia.

Se você usa lentes de contato, você tem mais chances de ter uma conjuntivite severa, que pode lesar o olho. Pare de usar as lentes de contato se você estiver com um olho vermelho. E procure um oftalmologista imediatamente se tiver dor.

conjuntivite

Lavar as mãos frequentemente, principalmente em lugares públicos, ajuda a evitar as formas contagiosas de conjuntivite. Foto: Advanced Vision Care


Sintomas da Conjuntivite

Os sintomas da conjuntivite variam conforme a causa. De forma geral, são:

  • Vermelhidão no “branco” do olho ou parte interna das pálpebras;
  • Aumento de secreção lacrimal;
  • Secreção de coloração branca, amarela ou esverdeada;
  • Coceira ou ardência no olho;
  • Aumento de sensibilidade à claridade;
  • Sensação de areia no olho.

Duração da Conjuntivite

Mesmo sem tratamento, a maioria dos casos de conjuntivite desaparece em até uma semana.

A conjuntivite causada por bactérias requer tratamento com antibióticos. A partir do segundo dia tomando antibiótico o olho já começa a ficar menos vermelho. Mesmo que você se sinta melhor, continue tomando todas as doses do antibiótico, conforme receita médica.

Como Evitar a Conjuntivite

Para evitar as formas contagiosas de conjuntivite, lave frequentemente as mãos e evite levá-las aos olhos. Em casa, nunca compartilhe toalhas, roupas de banho ou cosméticos faciais (principalmente maquiagem) com outras pessoas.

Para evitar a conjuntivite em recém-nascidos, todas gestantes devem fazer os exames do pré-natal e, se preciso, tratar as doenças como gonorreia e clamídia. Outra medida preventiva é usar um colírio antibiótico nos olhos do bebê ao nascer.

Tratamento da Conjuntivite

O tratamento para conjuntivite depende da causa. Nem sempre é necessário ir ao médico para tratar a conjuntivite já que ela normalmente melhora sozinha. Para aliviar os sintomas, você pode usar um colírio. No entanto, existem ocasiões em que se deve ir ao oftalmologista para receber o tratamento.

Para a conjuntivite causada por bactérias, você precisará de uma receita médica de colírio que contenha antibióticos (sulfacetamida, eritromicina, entre outros). Use essa medicação pelo tempo que o médico disser, mesmo que os sintomas desapareçam em um ou dois dias. Você também pode aplicar compressas quentes, como um pano úmido, aos seus olhos por 20 a 30 minutos, várias vezes ao dia. Limpe e enxugue cuidadosamente a secreção acumulada nos olhos com o auxílio de um cotonete ou lenço, devidamente limpos e umedecidos.

Para a conjuntivite alérgica, você pode usar compressas frias e colírios com anti-histamínicos para aliviar a coceira.

Os recém-nascidos que tiverem conjuntivite neonatal podem ser tratados com colírios antibióticos ou, dependendo da gravidade, tomar antibióticos orais ou intravenosos. As mães deverão ser examinadas e tratadas das infecções de gonorreia ou clamídia.

Quando Procurar Atendimento Médico

Procure atendimento médico se:

  • A conjuntivite estiver causando dor no(s) olho(s);
  • A conjuntivite estiver causando visão embaçada ou sensibilidade à claridade;
  • A conjuntivite acometer alguém que tenha um sistema imunológico debilitado, por exemplo, pessoas com HIV ou que estejam recebendo quimioterapia;
  • A conjuntivite causada por bactérias não melhorar após 24 horas de uso dos antibióticos;
  • Os sintomas persistirem ou piorarem.

Conjuntivite Tem Cura?

Certamente. A maioria das causas de conjuntivite causada por vírus ou bactérias desaparecem sem deixar nenhuma sequela.

Fonte: Harvard Health Decision Guides – Todos os direitos reservados

Compartilhe

Deixe o seu comentário