Voltar ao Topo
Doenças

Ictiose

Ictiose é o termo para problemas severos e persistentes de pele seca que geralmente aparecem durante a infância. A ictiose pode ser congênita ou pode se desenvolver no decorrer da vida. Na grande maioria das pessoas que têm a doença, a causa está relacionada a uma ou mais alterações genéticas.

Em circunstâncias normais, o nosso corpo renova de forma contínua a pele, produzindo novas células e descamando as células mais velhas que estão na superfície. A ictiose afeta esse equilíbrio; ou porque passa a produzir demasiadas células de substituição ou porque as células não conseguem se descamar direito ao devido tempo. O resultado é o acúmulo de células da pele em forma de crostas que ficam aderidas à pele e lembram escamas de peixe.

Normalmente, a ictiose causa sérias preocupações estéticas para quem tem essa doença. No entanto, ela não é contagiosa, mas pode interferir também nas funções da pele de proteção contra infeções, prevenção da desidratação e controle da temperatura do corpo.

A maioria das pessoas têm a forma mais leve da doença, a ictiose vulgar, que ocorre em 1 a cada 250 pessoas.

ictiose

Bebê com sintomas de ictiose genética. Foto: Melekler Mekani.


Sintomas de Ictiose

Dependendo do tipo de anormalidade genética que causa a ictiose, a pele pode apresentar diferentes padrões de descamação. Por exemplo, em muitos casos de ictiose vulgar quase todo o corpo é afetado, com exceção da parte interna das articulações, virilha ou rosto.

Os sintomas da ictiose genética são percebidos desde o nascimento ou aparecem durante a infância. Os sintomas podem ser:

  • Desidratação severa da pele com a formação de crostas, que podem aparecer em pequenas áreas ou por quase todo o corpo;
  • Coceira;
  • Odor corporal, causado pelo acúmulo de bactérias ou fungos entre as crostas de pele;
  • Acúmulo de cera nos ouvidos, causando dificuldades de audição.

Geralmente, os sintomas são mais severos durante o inverno e em lugares de clima seco, porque a umidade e o calor melhoram os sintomas. Muitas pessoas que têm ictiose vulgar também têm problemas alérgicos, como congestão nasal, asma ou eczemas.

Diagnóstico & Exames

Geralmente, o médico faz o diagnóstico da ictiose ao observar a pele da pessoa. O histórico familiar também pode ser muito útil. Em alguns casos, uma biópsia da pele pode ser feita para auxiliar na confirmação do diagnóstico. A biópsia de pele é a retirada de um pequeno pedaço dela para ser examinada em um microscópio. Em casos raros, pode ser necessário um teste genético para concluir o diagnóstico.

Duração da Ictiose

A maioria dos casos de ictiose têm causa genética e dura a vida toda. Às vezes, o aparecimento da ictiose em adultos está associado a outra doença e, se esta for tratada, a ictiose pode desaparecer. Na maioria das pessoas, os sintomas podem ser controlados.

Como Evitar a Ictiose?

Não há como evitar a ictiose. Assim como outras doenças genéticas, existe o risco de que pessoas afetadas pela doença passem para seus filhos o gene em questão.

Tratamento da Ictiose

O tratamento para todos os tipos de ictiose consiste na reidratação da pele e nas medidas para facilitar a descamação das células da pele mortas. Quando os sintomas forem severos, um médico dermatologista poderá resolver o problema.

Para melhores resultados, use cremes ou loções umectantes após o banho; dessa forma a pele retém a umidade. As fórmulas com vaselina, lanolina ou ureia são as melhores para preservar a umidade da pele.

Os medicamentos que facilitam a descamação da pele são loções ou cremes que contenham ácido lático ou outros “alfa-hidroxiácidos”.

Se a coceira causar alguma infecção de pele ou se o odor corporal for o problema, talvez possam ser necessários antibióticos.

Quando Procurar Atendimento Médico

Como a ictiose enfraquece a capacidade de defesa da pele, é importante que você procure atendimento médico se você tiver febre ou vermelhidão da pele, devido a infecções.

Ictiose Tem Cura?

Com tratamento contínuo e bom acompanhamento dermatológico, a ictiose normalmente pode ser controlada. Algumas formas de ictiose melhoram após a infância. Existem forma raras de ictiose que podem ser fatais, mesmo na infância, se os problemas de pele forem severos.

Fonte: Harvard Health Decision Guides – Todos os direitos reservados

Compartilhe