Voltar ao Topo
Doenças

Leptospirose

A leptospirose é uma doença infecciosa febril aguda, que pode variar desde uma forma leve, parecida com uma gripe, até formas mais graves com altos índices de morte. A leptospirose é causada por bactérias do gênero Leptospira, as quais podem ser transmitidas pelo contato direto ou indireto com a urina de animais infectados. Embora os ratos sejam os transmissores do tipo mais grave da doença, os cães, porcos, bovinos, cavalos, ovinos e caprinos também podem transmitir a leptospirose.

No Brasil, a sua ocorrência aumenta muito em períodos chuvosos, principalmente nas capitais e áreas metropolitanas, devido às enchentes associadas à aglomeração populacional de baixa renda, às condições inadequadas de saneamento e à alta infestação de roedores infectados.

alagamento

O contato com a água de alagamentos nos centros urbanos aumenta o risco de contágio da leptospirose. Foto: Shakil Adil / AP.


Sintomas de Leptospirose

A leptospirose pode ter duas fases: a fase precoce, cujos sintomas duram de 3 a 7 dias, e a fase tardia, que ocorre em aproximadamente 15% dos casos, sendo que nesta, mais da metade dos doentes vão a óbito.

Os principais sintomas da fase precoce são:

  • Dor de cabeça e febre súbitas;
  • Dores musculares (principalmente nas panturrilhas, nas costas e no abdômen);
  • Falta de apetite;
  • Náuseas e vômitos;
  • Diarreia;
  • Dores nas articulações;
  • Tosse seca.

A forma mais grave da doença se inicia por volta de uma semana após os primeiros sintomas, mas pode se instalar antes disso nos casos fulminantes de leptospirose.

Os principais sintomas da fase tardia são:

  • Icterícia (tonalidade alaranjada da pele);
  • Insuficiência renal aguda;
  • Hemorragias (principalmente pulmonar);
  • Dificuldade de respiração;
  • Confusão mental, delírios e alucinações.

Também podem ocorrer outros sintomas na fase tardia da leptospirose, tais como dor de cabeça intensa, arritmia cardíaca e manchas na pele.

Diagnóstico & Exames

Como os sintomas da leptospirose são muito semelhantes a outras doenças como dengue, gripe, febre amarela, hepatite, entre outras, o médico fará perguntas para saber se você teve contato com água ou lama de enchentes nos últimos 30 dias ou se mora em locais com pouca infraestrutura pública. Se suspeitar de leptospirose, o médico fará uma coleta do seu sangue para examinar em laboratório. Se os sintomas forem mais graves ele também poderá pedir um exame de urina.

No entanto, o resultado do exame de sangue pode ser falso-negativo se a coleta for feita antes do 7º dia do início dos sintomas. Por essa razão, novas coletas de sangue deverão ser feitas a partir do 7º dia do início dos sintomas.

Duração da Leptospirose

Em média, de 5 a 14 dias após a transmissão da bactéria começam os sintomas. A detecção e o tratamento precoce evitam que a leptospirose evolua para a forma mais grave, que pode se iniciar a partir do 3º dia.

Como Evitar a Leptospirose

Como ainda não existe uma vacina para leptospirose, a única forma de prevenção é evitar a exposição direta ou indireta à urina dos animais. Manter os arredores da casa livres de lixo, entulhos e restos de comida evita a infestação de roedores. Se houver contato com animais (cães, bovinos, suínos), estes devem ser vacinados contra a leptospirose. Em casos de enchentes e alagamentos, as pessoas devem se proteger com botas e luvas (principalmente se tiverem algum ferimento) para evitar o contato com a água ou lama. Evite beber água ou ingerir alimentos que possam estar contaminados pela água das enchentes.

A construção e manutenção permanente de galerias de águas pluviais e esgoto em áreas urbanas também podem evitar epidemias de leptospirose.

Tratamento da Leptospirose

Em qualquer fase da leptospirose devem ser receitados antibióticos. Na fase tardia, os antibióticos receitados pelo médico são exclusivamente na forma intravenosa, devido à gravidade da leptospirose. O paciente deverá ficar internado em média por uma semana para observação do seu quadro de sintomas. Se as bactérias já tiverem comprometido os rins, o tratamento de diálise deve ser iniciado o mais rápido possível para evitar a morte da pessoa. Se a doença estiver em fase avançada, poderão ser feitas transfusões de sangue.

Quando Procurar Atendimento Médico

Procure atendimento médico imediatamente se você ou alguém da sua família tiver os sintomas da leptospirose.

Leptospirose Tem Cura?

Vai depender do início precoce do tratamento. O índice geral de óbitos da leptospirose é de 10%. Porém, pode ultrapassar 50% quando a doença evolui para sua forma mais grave.

Fonte: Ministério da Saúde

Compartilhe

Deixe o seu comentário